Além da sustentabilidade, economia proporcionada aos moradores pode chegar a até 85% na fatura de eletricidade nas áreas comuns

A MRV alcançou a marca de aproximadamente 2,5 mil unidades com a tecnologia fotovoltaica em Mato Grosso. A construtora é reconhecida por impulsionar a utilização em larga escala de equipamentos solares no ramo da construção civil. Além da sustentabilidade a economia de energia gerada aos moradores é significativa.

Condomínios como o Chapada da Costa, localizado no Jardim Ubirajara, já apresentam redução média de até 85% na fatura de energia nas áreas comuns. Espaços como quadra de esporte, garagem e áreas de lazer, possibilitam que a economia média mensal na fatura de energia elétrica chegue à casa dos R$ 30 mil.

Dessa forma, o Chapada da Costa tornou-se referencial nas ações da companhia, principalmente, por possibilitar que a geração de energia dos painéis seja distribuída entre condôminos. Além de alimentar as áreas comuns, o sistema proporciona aos proprietários a redução de até 50% do consumo médio dos apartamentos.

O gestor regional Márcio Galvão destaca que a construtora possui oito canteiros de obras na Grande Cuiabá, em que o sistema de energia solar já está contratado. “No futuro pretendemos que todos os lançamentos sejam entregues com a tecnologia fotovoltaica”, explica o gestor.

A estratégia da empresa é ser referência em empreendimentos que ofereçam sistemas de compensação por meio da plataforma de soluções habitacionais, por meio da neutralização de emissão de CO2. “Reafirmamos nosso compromisso com a sustentabilidade a partir da produção da energia solar e mostramos que a energia fotovoltaica é para todos”, enfatiza Galvão.

O executivo ainda reforça que ter uma linha de negócios voltada para sustentabilidade, sobretudo em cidades que marcam altas temperaturas como Cuiabá, é gerar reflexo direto na economia e qualidade de vida da população. “A prioridade é aproveitar o Sol para trazer inovações socioambientais que podem contribuir com um estilo de vida dos brasileiros, e com compromisso ambiental.”

“A sustentabilidade é o foco da MRV presente em todas as atividades da companhia, que passa desde a escolha do terreno para a construção de seus empreendimentos, técnicas inovadoras e mais sustentáveis de construção, itens que garantem economia para os moradores e projetos para o desenvolvimento sustentável na vizinhança de seus empreendimentos e projetos sociais”, comenta.

Pelo quarto ano consecutivo as ações da construtora integram o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3, é signatária da Rede Brasil do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), adotou o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável de número 11, Cidades e Comunidades Sustentáveis, e seu presidente, Eduardo Fischer, é  líder de impacto para engajar demais lideranças a tornarem suas empresas mais responsáveis com a temática da sustentabilidade.