Telefones: (65) 9 8126-4082

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em Berkeley descobriram um novo material que poderá ser utilizado para transformar calor em energia elétrica. Inicialmente o projeto do “vidro inteligente”, foi feito para mudar de cor e opacidade conforme a incidência de raios solares, porém, os pesquisadores descobriram durante os testes que poderiam utilizar o material para transformar o calor da luz solar em eletricidade e mantar a características do vidro intacta.

O vidro é revestido por um líquido semicondutor que contém diversos compostos químicos, como césio e iodeto de chumbo. Por ser totalmente transparente em temperatura ambiente, ele permite a passagem de 82% da luz que chega até ele, no entanto, quando aquecido até 105ºC, o vidro passa a ter uma coloração alaranjada e se torna mais opaco, deixando passar apenas 35% da luz.

Segundo estudo realizado pelos pesquisadores, a longo prazo o material transparente pode ser usado para substituir a maioria dos painéis tradicionais, criando prédios e carros capazes de gerar sua própria eletricidade. Por exemplo, um prédio comercial revestido com esse vidro gastaria menos energia com ar condicionado, gerando mais economia.

Quer saber quanto custa um sistema de energia solar fotovoltaica? Faça a simulação na Energia Solar Soluções. Entre em contato (65) 3359-5941 / (65) 9 8106-5170 / (65) 9 8126-4082

A equipe de pesquisadores terá que enfrentar diversos desafios neste projeto! Um deles é conseguir aumentar a eficiência do vidro, pois até então ele só converte cerca de 7% da energia que chega até ela em energia elétrica aproveitável. O professor Peidong Yang, líder da equipe de pesquisa, afirma que o mínimo para que ele seja economicamente viável seria 10% de conversão.

Outra melhoria que os pesquisadores pretendem fazer é reduzir a fronteira de temperatura a partir da qual o vidro começa a gerar energia. Atualmente, a temperatura está em 221ºF (105ºC), porém os cientistas pretendem baixá-la até 122ºF (50ºC), pois segundo eles, está é a temperatura que um painel de vidro na lateral de um prédio comercial atinge.

O fator estético também será modificado pelos pesquisadores, até o momento, o vidro fica nas cores vermelho, laranja ou marrom quando aquecido. Porém, como designers e arquitetos são alguns dos possíveis interessados no produto, a equipe quer fazer modelos de outras cores, para que atenda diversos gostos. Para isso, existe duas soluções, uma delas é usar outro tipo de perovskita, um dos componentes químicos do vidro, ou então usar tipos de corante no vidro.

Os pesquisadores estão trabalhando para que a tecnologia comece a produzir eletricidade a partir de 50 °C ou 60 °C, que já é considerado uma temperatura útil e eficaz em regiões quentes, pois a temperatura da superfície de uma janela em um prédio comercial chega a esses números facilmente em um dia ensolarado.  Apesar disso, ainda não há previsões de quando essa tecnologia irá se tornar comercialmente viável.

Pesquisas estão descobrindo muita tecnologia nos vidros capazes de gerar eletricidade, por exemplo, a célula fotovoltaica transparente que pode transformar janelas em painel solar, e também as janelas inteligentes que captam energia e mudam de opacidade, são frutos dessas inovações a partir de vidros inteligentes.

Acompanhe o nosso site! Energia Solar Soluções

Fonte Portal Solar

Fechar Menu

Solicite um orçamento

Em até 24horas retornaremos.

Ou chame pelo Whatsapp

5% DESCONTO

na compra da usina solar.

BLACK FRIDAY

Atendimento pelo Whatsapp!