Telefones: (65) 9 8126-4082

A cada ano que passa, Mato Grosso do Sul demonstra grande interesse pela energia solar. Entre 2016 e 2018, o crescimento registrado no Estado foi de 168%. Este crescimento ocorreu devido aos investimentos que estão sendo realizados, como, por exemplo, a construção de uma usina solar fotovoltaica instalada no campus Campo Grande do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS).

A usina começou a operar no dia 30 de novembro e tem capacidade para gerar energia suficiente para abastecer 60 residências, com até quatro moradores, por um ano inteiro. Em sua inauguração, o reitor destacou que, além de reduzir custos, a usina servirá de inspiração para outras construções. Estima-se que outras sete usinas passem a operar nos campi do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) ano que vem.

O investimento total para a construção da usina solar fotovoltaica no campus Campo Grande foi de R$ 470 mil. Neste sistema de captação solar, foram instalados 260 painéis solares e cinco inversores com potência total de produção de 71,5 kWp. O equipamento teve uma parte montada em solo para que os estudantes e pesquisadores tenham fácil acesso ao local. Já a outra parte dos painéis foram instaladas no telhado do campus, região mais próxima dos raios solares.

Segundo o reitor, este investimento busca mais sustentabilidade no campus. Além de tornar as energias renováveis, como a energia solar fotovoltaica, mais conhecidas e acessíveis, também cria um conceito tecnológico e incentivador para o Estado. Ao gerar energia tendo o Sol como fonte, a economia alcançada será de 15% a 20% na conta de luz do campus Campo Grande do IFMS. A economia faz valer o investimento.

Outro propósito da implantação da usina no campus é colocar os estudantes em contato direto com os sistemas, podendo interagir com os pesquisadores e professores para agregar mais conhecimento sobre a energia solar fotovoltaica. A usina solar fotovoltaica servirá para pesquisas e estudos. Dessa forma, tanto a faculdade quanto os alunos serão beneficiados.

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) possui campi espalhados por diversas regiões do Estado, o que facilita o trabalho de mapeamento e concede informações valiosas para empresas interessadas em investir nessa modalidade de geração de energia. Podemos notar que investir em soluções sustentáveis como, por exemplo, a fonte alternativa de energia solar, é uma iniciativa que oferece muitas vantagens!

No Mato Grosso, existe o Programa Industria Solar MT que tem como objetivo motivar e incentivar as indústrias, diretores e moradores a investirem na própria geração de energia solar. O programa oferta soluções eficazes e de custo acessível. Esta solução atrai muitas pessoas, pois oferece várias opções de financiamentos.

A energia solar é, de fato, uma fonte energética muito vantajosa. Se você está interessado em obter um financiamento para energia solar, entre em contato conosco e solicite um orçamento para ter sua própria placa solar!
Não perca tempo: gere sua própria energia limpa, reduza seus gastos e contribua com a preservação do meio ambiente.

Fechar Menu

Solicite um orçamento

Em até 24horas retornaremos.

Ou chame pelo Whatsapp

Atendimento pelo Whatsapp!